quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Tem muita vida lá fora

Ando vivendo. Muito. O calor e o desemprego tem me empurrado pra rua. E é incrível ver as pessoas pelas ruas em pleno dia, durante a semana. Porque quando a gente está trabalhando, fica na frente de uma tela iluminada, concentrada, em uma sala. O mundo acaba; é só aquilo ali; como se o mundo fosse você e tudo o mais que tiver só ali dentro daquela tela ou o seu redor na sua sala. Como eu trabalhei por quase um ano e meio em uma sala bem grande, com muitas pessoas que falavam e riam muito e um dia de calmaria era raro, quase não percebia que havia outra coisa. Meu mundo era isso: aquela sala com tijolos aparentes na parede oposta, com janelões que permitiam a entrada da luz do sol ou até o escurecimento da sala em caso de tempestades, com gritarias, telefones, uma sala ao lado e muita gente circulando, entrando, saindo, pedido, comentando, conversando, trabalhando, produzindo, divertindo, distraindo, etc. Pra mim, parece estranho circular pelas ruas dos bairros e ver que tem gente andando, passeando, trabalhando, transitando. É a vida que pulsa e é a vida que quero tanto retratar. Eu queria um emprego em um jornal diário, ter correria, ter que ir na rua, voltar e poder ter as duas coisas: uma mesa com um computador e uma tela iluminada que tem vida dentro, mas que me permita também tratar da vida que eu vi na rua e merece ser retratada. Porque tem tanta vida lá fora que não é possível que eu não encontre algo interessante pra contar.

4 comentários:

Lu Taddeo disse...

É Did's
é a angústia de todo jornalista. Fico aqui torcendo para que vc consiga! (mas aproveita esse tempo sem angústia, tá?)
Beijoca

Lu Taddeo disse...

faminta, posso saber por que o narravidas ainda n�o est� linkado entre os seus favoritos? :o

Menina com uma flor disse...

Lu, o Narravidas ainda não está aqui mas em breve estará.
Ele está nos meus favoritos do computador. Só falta um pouco de vontade para colocá-lo no blog.
beijos

Paula disse...

Ei Didi!

Que isso, tem problema nenhum não.. imaginei que algum imprevisto tivesse acontecido! Acabei ocupando bem meu tempo. Fui acordar 11h, fiquei na piscina até tarde e passei o resto do dia com o amigo do kiko e a namorada dele, foi bem legal!

Dia 21 tô aí de novo.

beijo!