terça-feira, 21 de agosto de 2007

No trabalho
Nunca pensei que organizar um seminário fosse tão difícil. Tô esgotada e não vejo a hora da semana acabar. Cansadíssima. E tão preocupada que durmo e fico sonhando com a maldita organização. Da próxima vez eu peço o dobro do valor e ainda vai ser pouco. Aff.
E aí, tá todo mundo perguntando no trabalho: você fica até quando? E eu, desta vez, respondo: até sexta-feira e eu não vejo a hora.
E hoje uma das pessoas me disse assim: Você vai na reunião com a OIT amanhã? Eu respondi: Acho que não, vou ter várias coisas pra fazer por causa do seminário. Ela saiu. Depois voltou. Você devia, pelo menos, assisitr a primeira parte sobre a definição de trabalho escravo. Porque eu vou pedir pro ciclano pra você organizar o seminário sobre o trabalho escravo que vai ter esse ano.
Eu sei que foi, claro, na melhor das intenções, mas eu tava tão cheia de organizar seminário que quase falei: organizar seminário? Ai não, me tira dessa!
*
No final das contas, eu adoro trabalhar no Observatório. Mesmo mesmo, de verdade verdadeira. Mas desta vez foi cansativo e ainda teve uma pequena queda de braço que eu venci, mas saí de lá com quebrante. Então, não vejo a hora da semana acabar, o seminário acontecer, eu receber e não voltar.
Eu queria muito ficar lá, mas pra escrever matérias, pra realizar o sonho do meu chefe: virar a repórter do site, mas enquanto a coisa não sai, eles não conseguem e eu não posso ficar, prefiro procurar outras coisas. E vamos à luta!

Um comentário:

Ju disse...

que a tpm tenha passado! e que vc se recupere logo dessa semana :)
fazia tempo que eu não passava por aqui.... mas gostei de tudinho que eu li :)
beijinhos