quarta-feira, 20 de junho de 2007

Bodas de prata

Meu aniversário ainda está longe. Só em dezembro. Mas hoje me peguei pensando que queria fazer uma festa de verdade. Há anos não tenho essa vontade. Aí fiquei assim pensando em uma coisa bem legal e nas pessoas que eu queria convidar. E fiquei pensando que eu preciso começar a juntar dinheiro pra isso, afinal são 25 anos. E não, eu não quero deixar passar em brancas nuvens.

5 comentários:

Sharon Eve disse...

Oi!

Ano passado fiz uma festa em casa mesmo, pra comemorar 26 anos e muitos amigos!

Acabei gastando perto de 1000 entre roupa, coisas pra casa (minha casa não tinha tapete de boas vindas e nem potinhos pra besteiras que a gente serve pros amigos) e comida/bebida.

Vale cada centavo...
Como é bom ver um amontoado de pessoas amadas num só lugar, num só dia.
:)

É o melhor presente que a gente pode se dar!

:***

Dri disse...

E se a gente desse uma festa "do nada"?

Didi disse...

Hmmm, que festa Dri? Festa das calcinhas?

Sharon, depois de um probleminha em casa resolvi que NUNCA mais dava festas em casa. Dito e feito. No ano seguinte do problema foi num bar e o ano passado minha mãe tentou fazer uma festa surpresa - sem sucesso. Esse ano estou me animando e querendo fazer alguma coisa no salão do prédio. Quem sabe mais pra frente e com a idéia amadurecida eu não coloco tudo no blog!

Beijos nas duas.

Lu disse...

aeee festaaaa!
Contem comigo para a organização!

Dri disse...

Não, não festa das calcinhas. Festa de... de festa, ué!
"Oi, gentem, nós vamos estar fazendo uma festa-de-festa. Vocês vão estar comparecendo?"
...
Ô Di? Pode ter bailinho na nossa festa?