quarta-feira, 25 de abril de 2007

Sobre mim e ninguém mais

Estou em uma fase sem igual na minha vida. Em todos os campos, em todos os sentidos. Só sei que nada sei. E na falta de saber fico assim... Levando as coisas, sem saber o que quero e me ocupando com milhares de outras coisas só para não parar para pensar e nem ter que decidir, apenas deixando a coisa rolar por mais um tempo. E mesmo sabendo que isso não é uma atitude madura e nem responsável eu, simplesmente, não me importo. Eu sei que mais hora ou menos hora eu vou ter que me deparar com a realidade, mas enquanto isso não acontece eu vou fantasiando e deixando o barco correr conforme as marés e as luas e o que mais quiser influenciar nesta toada - que pode ter um fim logo mais em frente.

3 comentários:

Aninha Rossini disse...

Um sopro de vento! :)

Yara disse...

Oi, obrigada pela visita lá no meu humilde Uia e pelo comentário :o) ajudou a escolher o livro de dia das mães pra minha mãe :o) tomara que ela também goste, né? Beijins procê!

Dri disse...

(abracinho)